Educa Mais Brasil 2018 Inscrições

Inscrições Educa Mais Brasil 2018

O Instituto Educar vem trabalhando há muitos anos com o programa Educa Mais Brasil, oferecendo a oportunidade a estudantes que não tenham condições de pagar as altas mensalidades das instituições particulares de ensino, com bolsas de estudo parciais de até 70% do valor da mensalidade, a seguir confira informações sobre como você pode se inscrever no Educa Mais Brasil em 2018.

educa-mais-brasil
As inscrições para o Educa Mais Brasil 2018 são totalmente gratuitas, havendo mais de 150 mil bolsas disponíveis. Nesse tempo todo de atuação, o programa já atendeu mais de 300 mil alunos, em inúmeros cursos e instituições de ensino.

Bolsas Educa Mais Brasil 2018

O Educa Mais Brasil é oferecido em diversos Estados brasileiros, atendendo centenas de municípios, oferecendo acesso a cursos de nível superior e outras modalidades de ensino, dando a oportunidade a pessoas de baixa renda para impulsionar os estudos e a carreira.

As bolsas de estudo de até 70% são destinadas a cursos de:

  • Ensino básico
  • Cursos técnicos
  • Cursos de idioma
  • Cursos profissionalizantes
  • Cursos preparatório para concursos
  • Cursos de graduação
  • Cursos de pós-graduação

Você pode fazer sua inscrição para o Educa Mais Brasil 2018 no endereço eletrônico do programa, www.educamaisbrasil.com.br, informando todos os dados, como explicado a seguir:

  • Encontre, no site, o curso de seu interesse;
  • Faça o seu cadastro, preenchendo corretamente a ficha de inscrição com todos os dados solicitados;
  • Sua inscrição será analisada por uma comissão avaliadora, verificando se você está dentro das condições necessárias para receber a bolsa de estudos;
  • Caso aprovado, você será contatado pelo programa, recebendo as instruções sobre a bolsa de estudos e a formalização de seu cadastramento.

educa-mais-brasil-inscricoes-cursos
Quem pode participar do Educa Mais Brasil 2018?

Dentro das condições estabelecidas pelo Instituto Educar, qualquer brasileiro pode participar do programa Educa Mais Brasil 2018. Confira a seguir, algumas informações que poderão esclarecer melhor como funciona o programa:

  • O Educa Mais Brasil foi criado para atender qualquer pessoa que tenha dificuldade em pagar a mensalidade integral de instituições de ensino particulares, servindo para qualquer tipo de curso de nível superior ou outros cursos, como informamos anteriormente;
  • Os critérios de julgamento para concessão da bolsa de estudos são as condições socioeconômicas do candidato. Outros critérios não são divulgados com detalhes, servindo as informações fornecidas pelo próprio candidato para a análise da comissão avaliadora;
  • Se aprovado, o candidato deverá pagar uma taxa de adesão ao programa Educa Mais Brasil 2018 quando receber a concessão da bolsa de estudos. Semestralmente, o aluno também deverá pagar uma taxa de renovação, dentro dos valores fornecidos no contrato do programa, que é entregue ao aluno no ato da matrícula;
  • Além dessa taxa, o aluno não pagará mais nada ao Instituto Educar, devendo apenas cumprir com sua parte no restante da mensalidade da instituição de ensino. Assim, se obtiver uma bolsa de 70%, deverá pagar 30% para a escola em que estiver estudando;
  • O aluno perderá o benefício se trancar a matrícula. Se reativá-la, deverá entrar em contato com o Educa Mais Brasil, verificando a possibilidade de reativação da bolsa de estudos.

Leia Mais

Vagas Enem

Confira as Vagas do Enem

Hoje em dia os jovens estudantes e principalmente aqueles de baixa renda possuem diversas alternativas para que consigam bolsas de estudos em instituições privadas. Saiba que por meio do Exame Nacional do Ensino Médio ou simplesmente Enem como é conhecido popularmente é possível dispor desses benefícios. Para muitas pessoas, o Enem é apenas uma prova para avaliar estudantes do ensino médio, saiba que o mesmo possui outras finalidades.

vagas-enem-300x226

O Enem é muito importante para muitos jovens estudantes do ensino médio, pois como relatado acima o mesmo é uma fonte alternativa para jovens de baixa renda. Saiba que muitos programas como, por exemplo, o Fies e o ProUni usam a nota do Enem como base em seu processo seletivo, principalmente o ProUni. Lembrando que os programas citados acima oferecem bolsas de estudos e financiamento de seu curso em instituições privadas.

Uma dúvida bastante frequente entre os candidatos que realizam o Enem com o intuito de conseguir bolsas de estudos é quanto às vagas oferecidas. Saiba que esta é uma dúvida simples o próprio Enem poderá lhe ajudar. Saiba que muitas dessas vagas são oferecidas pelas instituições de acordo com a nota do aluno no Enem, ou seja, avaliam e enviam a vaga por meio do Sistema de Seleção Única, ou simplesmente Sisu como é conhecido popularmente.

O Sisu é um sistema informatizado e administrado pelo Ministério da Educação, a responsabilidade do mesmo é justamente administrar o processo seletivo referente às vagas enviadas pelas instituições privadas. Após isso, o Sisu irá selecionar os alunos que obtiveram uma boa nota no Enem e iniciar o processo seletivo.

Inscrições Vagas do ENEM

O período de inscrições, bem como a forma de realizar a mesma continua sendo da mesma maneira. Os interessados precisaram fazer o processo pela internet, no site oficial do Inep. As mudanças afetaram apenas os dias de realização da prova, bem como a rigidez para quem faltar nos dias do exame sem justificativa consistente, como atestado médico e outros.

Para que você possa concorrer diretamente a essas vagas em instituições privadas é preciso se inscrever no Sisu e ter feito a sua prova do Enem e o resultado da redação deverá ter nota superior à zero. Para conferir as vagas disponíveis ou até mesmo para se inscrever você pode acessar o site oficial do Sisu.

O candidato escolhe no exame uma ou duas opções de curso e instituição em ordem de sua preferência e poderá alterar esses dados até o fim do período de inscrições que ocorrerá no final de janeiro de 2013.

Portanto se você for bem no Enem, além de poder ganhar uma bolsa integral ou parcial, pode eliminar o vestibular dependendo da instituição que escolher para cursar.

Leia Mais

Universidades e Faculdades Enem 2018

Confira as Universidades Enem 2018 e Faculdades Enem 2018

Se você vai fazer a prova do Enem, veja uma lista com as universidades participantes do Sisu e Prouni e faculdades que usam a nota do Enem em seu processo seletivo, assim você já pode se programar sobre qual curso e onde você poderá ingressar após mandar bem na prova do Enem.

faculdades-do-enem

Diversas Universidades vão adotar o Enem 2018 usando a nota em seus processos seletivos. Grande parte das Faculdades Privadas já utilizam as notas do Enem no processo seletivo. No total são mais de 60 universidades federais em todo o Brasil que vão aceitar o Enem 2018 e esse número só tende a aumentar com os incentivos do Governo apoiando o Enem que a cada ano fica mais importante e mais participantes são inscritos.

Destaque para algumas universidades federais que decidiram adotar a nota do Enem como a única forma de ingresso. As universidades que vão adotar somente o Enem são as federais de Pelotas (Ufpel) e de Rio Grande (FURG), no Rio Grande do Sul, de São Carlos (UFSCAR) e do ABC (UFABC), em São Paulo, e a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

O grande problema nisso tudo é a concorrência que aumenta cada vez mais, e com os candidatos cada vez mais sabendo da importância da prova do Enem, eles vão se preparando como nunca para a prova para chegar bem afiados no dia, com isso ficou muito mais difícil também entrar para essas universidades, pois você precisará tirar uma excelente prova na prova para garantir a sua vaga. A novidade para o ano de 2018 é que mais algumas universidades entre federais e estaduais vão aderir a nota do Enem para o processo de seleção. Isso prova que o Enem está cada vez mais forte e importante para quem deseja entrar em uma universidade federal ou estadual.

Para ver a lista completa de Universidades do Enem 2014 entre no link abaixo: https://enem.net/universidades-do-enem.html e confira as faculdades e universidades que estão participando do Enem em sua cidade ou em cidades próximas para você fazer a inscrição e quem sabe conseguir uma bolsa de estudo integral ou parcial para ingressar no ensino superior através dos programas como o Prouni e o Sisu que fazem a seleção das vagas através da nota obtida na prova do Enem.

Leia Mais

Enem – Universidades Públicas Participantes

Universidades Públicas Participantes do Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio ou simplesmente Enem como é conhecido popularmente foi criado com o intuito de avaliar os jovens estudantes do ensino médio, dessa forma, analisando o potencial dos mesmos e também testando os níveis de ensino das escolas. Confira aqui algumas das universidades públicas participantes do Enem por todo o Brasil.

enem-universidades-publicas-participantes

Muitas pessoas fazem o Enem com o intuito de ingressar no ensino superior, como é o caso de jovens estudantes de baixa renda, que usam a nota do Enem para uma futura oportunidade de bolsa de estudos em uma instituição de ensino privada, isso pode ser feito através de programas como o ProUni e também o Fies.

Uma dúvida bastante frequente entre os candidatos que desejam usar a nota do Enem com o intuito de conseguir uma vaga em instituições privadas e públicas é quanto ao fato de quais instituições irão participar, ou seja, dispor de vagas a partir da nota do Enem. Confira abaixo as 75 universidades públicas que participam do projeto.

Lista de Universidades Públicas participantes do Enem

Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet-RJ)

– Escola Nacional de Ciências Estatísticas (Ence)

– Instituto Federal de Alagoas (Ifal)

– Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IFBaiano)

– Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense (IFC)

– Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB)

– Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE)

– Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (IFRR)

– Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina (IF-SC)

– Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP)

– Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre (IFAC)

– Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amapá (Ifap)

– Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Ifes-ES)

– Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA)

– Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais (IFNMG)

– Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA)

– Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná (IFPR)

– Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI)

– Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ)

– Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN)

– Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano (IF Sertão PE)

– Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS)

– Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems)

– Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (Uenf)

– Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs)

– Universidade Federal de Alfenas (Unifal-MG)

– Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA)

– Universidade Federal de Itajubá (Unifei)

– Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)

– Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)

– Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop)

– Universidade Federal de Pelotas (UFPel)

– Universidade Federal do ABC (UFABC)

– Universidade Federal do Ceará (UFC)

– Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio)

– Universidade Federal do Maranhão (UFMA)

– Universidade Federal do Pampa (Unipampa)

– Universidade Federal do Piauí (UFPI)

– Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB)

– Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

– Universidade Federal do Rio Grande (Furg)

– Universidade Federal do Vale do São Francisco-BA (Univasf-BA)

– Universidade Federal do Vale do São Francisco-PE (Univasf-PE)

– Universidade Federal do Vale do São Francisco-PI (Univasf-PI)

– Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)

– Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)

– Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa)

– Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)

– Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE)

– Universidade Federal de Alagoas (Ufal)

– Universidade Federal de Viçosa (UFV)

– Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais (IF Sul de Minas)

– Universidade Federal de Lavras (Ufla)

– Universidade Federal do Amazonas (Ufam)

– Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM)

– Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha (IF Farroupilha)

– Instituto Federal de Educação, Ciêncua e Tecnologia Goiano (IF Goiano)

– Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)

– Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais

– (Cefet-MG)

– Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG)

– Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (Ifam)

– Universidade Federal de Roraima (UFRR)

– Universidade Federal Fluminense (UFF)

– Universidade do Estado da Bahia (Uneb-BA)

– Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (Ifro)

– Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

– Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Leia Mais

Enem – Faculdades Federais e Particulares

Faculdades Federais e Particulares que aceitam o Enem

Como se sabe o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) tem o objetivo de fazer com que o estudante que obter uma boa nota no exame concorra a uma vaga em Faculdades Federais e Particulares de todo o país, usando os sistemas Sisu e Prouni. Para que isso seja possível é preciso que Faculdades Federais e Particulares tenham aderido ao Enem como vestibular para admitir alunos que tragam suas notas obtidas no Enem, para usar para matricular-se na instituição. A seguir, vamos conferir uma lista com as principais Faculdades Federais e Particulares que usam a nota do Enem para seleção de novos alunos.

enem-faculdades

Algumas Universidades, Faculdades Federais que aceitam o Enem como admissão (total ou parcial):

REGIÃO CENTRO-OESTE

UFG; UFMS; IFMS; PUC-Goiás.

REGIÃO NORDESTE

UFAL; UFBA; UFPB; UFCG; UFMA; UFPE; UFPI; UFRN.

REGIÃO NORTE

UFAM; Unifap; UFPA; UFRR; IFAC.

REGIÃO SUDESTE

UFES; UFMG; UniRio; UFRJ; UFRRJ; PUC-Minas; PUC-Rio; FGV-Rio .

REGIÃO SUL

UFPR; UTFPR; UFRGS; Unipampa; UFSC; UFFS; UERGS.

A lista completa com mais Universidades Federais e também com Institutos Federais de todos os estados (quase todos os IFs aceitam o Enem) que usam Enem como vestibular para os estudantes que desejam fazer o curso a sua escolha, se encontra disponível em: Enem – Lista de Universidades Federais.

A lista com as principais Faculdades Particulares que usam o Enem pode ser conferida nesse site: Lista de Faculdades que aceitam a nota do Enem.

Vale lembrar que, é bom pesquisar com atenção quais as vagas disponíveis para o curso que você deseja fazer seja nas Faculdades Federais ou Particulares usando o Enem, sendo importante também estar consciente de sua nota para concorrer a uma vaga. As Faculdades Federais e Particulares que usam o Enem como Vestibular são bastante concorridas, então o conselho é se esforçar para obter a melhor nota possível no Enem.

Uma lista com as Faculdades Federais e Particulares que usam o Enem como vestibular também pode ser conferida no site do MEC, em: http://www.mec.gov.br/.

Leia Mais

Prouni ou Sisu – Qual o melhor?

Qual a melhor opção, o Prouni ou o Sisu?

Sisu – O Sisu (Sistema de Educação Unificada) é um programa criado pelo MEC com a finalidade de selecionar candidatos para preencher vagas em instituições públicas de ensino superior espalhadas pelo país. O precosse seletivo é feito unicamente através da nota do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio). Qualquer aluno que tenha concluído o ensino médio pode realizar o exame e concorrer às vagas pelo Sisu.

Prouni – O Prouni (Programa Universidade para Todos) tem a finalidade de conceder bolsas de estudo em cursos sequenciais e de formação superior ou específica para estudantes de escolas públicas. Para ingressar no processo e concorrer às bolsas, o candidato interessado deve possuir, comprovadamente, uma renda familiar de até um salário mínimo e meio por pessoa. Quando a renda é de três salários mínimos, a bolsa é parcial (50% do valor da bolsa estudos).

prouni-x-sisu

A questão principal não chega a ser ‘qual é o melhor’, mas para quem é melhor um e para quem é melhor outro. Ambos são sistemas com ótimas finalidades e bons métodos para colocar um aluno em uma instituição universitária e ajudá-lo a ter uma formação acadêmica de ensino superior. No entanto, algumas questões, que variam de pessoa para pessoa devem ser levadas em consideração.

A renda, por exemplo, é um fator importante, que deve ser pensado: Se o candidato possuir um nível alto de renda familiar, terá poucas chances ou nenhuma chance no programa do Prouni, enquanto, optando pelo sistema do Sisu, concorrerá igualmente às mesmas vagas que os outros candidatos no exame. Porém, se o candidato possui baixa renda familiar, o Prouni torna-se, provavelmente, a melhor opção, pois é uma espécie de processo seletivo onde os objetivos de conquista são bolsas de estudo, e tem como candidatos aqueles que realmente precisam dessas oportunidades.

Leia Mais

Universidades do Enem

Veja todas as Universidades do Enem

universidades-do-enem

Confira as Universidades que participam do Enem em todo o país.

Região Norte

Universidade Federal do Acre Ufac) – Optou por três modalidades de entrada utilizando o Enem: Vagas remanescentes, percentual por curso e totalidade das vagas. Mesmo aderindo ao Enem a Ufac realizará vestibular para 2011

Universidade Federal da Amazônia (UFAM)- O Enem será usado como fase única para
50% das vagas do processo seletivo. O Enem também será usado para vagas
remanescentes

Universidade Federal de Roraima (UFRR) – Disponibilizará 20% das vagas do vestibular 2011 por meio do Sisu e usará a nota do Enem 2010 para processos seletivos de transferência.

Universidade Federal do Amapá (Unifap) – Em fase de decisão

Universidade Federal do Pará (UFPA) – Vai substituir a 1° fase do vestibular 2011 pela nota do Enem
Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) – A nota do Enem será utilizada para compor a nota final do candidato. O percentual ainda não foi definido
Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) – O ingresso em todos os cursos de graduação ocorrerá através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)

Universidade Federal de Rondônia (Unir) – Adotará a nota do Enem 2010 como 1ª fase do vestibular 2011 e parte das vagas será oferecido pelo Sisu

Universidade Federal do Tocantins (UFT) – Um quarto das vagas diretas e das vagas remanescentes serão preenchidas pelo uso do Enem como fase única. Os estudantes também podem prestar o processo seletivo comum e optar pela melhor nota.

Região Nordeste

Universidade Federal do Maranhão (UFMA) – O ingresso em todos os cursos de graduação ocorrerá através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)

Universidade Federal do Piauí (UFPI)- Adotará fase única para 50 % das vagas de todos os cursos e para preencher vagas remanescentes

Universidade Federal do Ceará (UFC) – O ingresso em todos os cursos de graduação ocorrerá através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)
Universidade Luso Afro Brasileira (Unilab) – O ingresso em todos os cursos de graduação ocorrerá através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)

Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) – O ingresso em todos os cursos de graduação ocorrerá através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)

Universidade Federal da Paraíba (UFPB) – Disponibilizará 10% das vagas do vestibular 2011 pelo Sisu
Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) – O ingresso em todos os cursos de graduação ocorrerá através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)

Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) – Substituirá 1° fase do vestibular 2011 pela nota do Enem
Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) – O ingresso em todos os cursos de graduação ocorrerá através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)
Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) – O ingresso em todos os cursos de graduação ocorrerá através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)
Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) – Adotou o Enem como o único sistema de acesso aos cursos superiores

Universidade Federal de Alagoas (Ufal) – O ingresso em todos os cursos de graduação ocorrerá através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)

Universidade Federal de Sergipe (UFS)- Utilizará o Enem para preenchimento das vagas remanescentes

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) – O ingresso em todos os cursos de graduação ocorrerá através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)

Região Centro-Oeste

Universidade Federal de Goiás (UFG) – Já usa 20% da nota do Enem na 1ª fase. Outras propostas em discussão.

Universidade de Brasília (UnB)- Usará a nota do Enem para preencher as vagas remanescentes do vestibular e do PAS (Programa de Avaliação Seriada)

Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT) – O ingresso em todos os cursos de graduação ocorrerá através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)

Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS) – O ingresso em todos os cursos de graduação ocorrerá através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)

Região Sudeste

Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) – Vai disponibilizar 50% das vagas do vestibular 2011 pelo Sisu
Universidade Federal de Uberlândia (UFU) – Vai substituir a 1° fase do vestibular 2011 pela nota do Enem
Universidade Federal de Viçosa (UFV) – Recomenda a inscrição no Enem 2010 apesar de não ter definido ainda como fará o uso da nota
Universidade Federal de Alfenas (Unifal-MG) – Em fase de decisão
Universidade Federal de Itajubá (Unifei) – Vai substituir a 1° fase do vestibular 2011 pela nota do Enem
Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) – Vai substituir a 1° fase do vestibular 2011 pela nota do Enem
Universidade Federal de Lavras (Ufla) – Vai disponibilizar 60% das vagas do vestibular 2011 pelo Sisu
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) – Vai substituir a 1° fase do vestibular 2011 pela nota do Enem
Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ) – Vai disponibilizar parte das vagas do vestibular 2011 pelo Sisu e usar o Enem como parte da nota do vestibular
Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop) – utilizará a nota do Enem para preencher todas as vagas de cursos presenciais e a distância por meio Sisu

Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) – Vai usar os resultados obtidos pelos candidatos no Enem 2010 apenas na primeira etapa do VestUfes 2011

Universidade Federal Fluminense (UFF) – Vai disponibilizar 20% das vagas do vestibular 2011 pelo Sisu
Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) – O ingresso em todos os cursos de graduação ocorrerá através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio) – O ingresso em todos os cursos de graduação ocorrerá através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) – Recomenda a inscrição no Enem 2010 apesar de não ter definido ainda como fará o uso da nota

Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR) – O ingresso em todos os cursos de graduação ocorrerá através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)

Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) – A participação no Enem 2010 é obrigatória para todos os candidatos ao Vestibular UNIFESP 2011.

Região Sul

Universidade Federal do Paraná (UFPR) – Disponibilizará 10% das vagas de cada um de seus cursos para os alunos selecionados através do Sisu
Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – O ingresso em todos os cursos de graduação ocorrerá através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)
Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila) – O ingresso em todos os cursos de graduação ocorrerá através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) – A Universidade oferece a opção do candidato utilizar 20% da nota da prova objetiva do Enem para compor a nota final em seu vestibular
Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – O ingresso em todos os cursos de graduação ocorrerá através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)

Universidade Federal de Rio Grande (FURG) – O ingresso em todos os cursos de graduação ocorrerá através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)
Universidade Federal de Pelotas (Ufpel) – O ingresso em todos os cursos de graduação ocorrerá através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)
Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) – Utilizará 20% da nota do Enem para compor a nota final do vestibular 2011
Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) – O ingresso em todos os cursos de graduação ocorrerá através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)
Universidade Federal do Pampa – O ingresso em todos os cursos de graduação ocorrerá através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)

Leia Mais