Enem 2018 – Acesso a redação corrigida

Redação Corrigida do Enem 2018

Confira informações sobre o acesso a redação do Enem 2018 e se o candidato tem direito ou não a revisão e o acesso dessas redações após corrigidas pelo MEC. A redação do Enem é um dos itens mais importantes da prova e que o candidato deve levar a sério se quiser um ótimo resultado, portanto saber essas informações antes da prova é de suma importância para o candidato que está se dedicando a prova do Enem 2018.

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) é uma prova que os alunos de nível médio completo ou em processo de término realizam para tentar obter vagas em determinadas faculdades que usam parte ou toda a nota dessa prova como processo seletivo. O Exame ocorre geralmente no final de cada ano e conta com diversos estudantes de todas as escolas, públicas e particulares.

Um assunto que gerou polêmica em edições passadas do Enem foi a questão dos candidatos terem ou não acesso a redação corrigida. No edital do Exame não constava a possibilidade de o candidato recorrer da nota conquistada na redação. As redações do ENEM 2018 são corrigidas por três pessoas. Inicialmente, dois corretores analisam a prova e, se houver discrepância superior a 300 pontos nas notas que cada um atribuiu à redação, um terceiro corretor é chamado para decidir a questão e dar a nota final.

Devido às restrições impostas a respeito do acesso a redação, muitos estudantes quiseram protestar e procuraram na Justiça o direito de ter o desejado acesso. Segundo o MEC (Ministério da Educação), a Justiça recebeu 122 pedidos de acesso às redações do ENEM. Entre esses, 79 pediram revisão das notas. O número de pedidos e a pressão foram tão grandes que o Ministério decidiu dar acesso a todos.

No entanto, desses 79 candidatos que pediram a revisão das notas da redação do ENEM, apenas dois tiveram a nota alterada. O MEC prestou alguns esclarecimentos à Justiça, dizendo que até o ano de 2011 não haviam ferramentas digitais disponíveis para o acesso as redações de todos os 4 milhões de candidatos que realizam a prova. A boa notícia é que agora você já pode consultar a sua redação corrigida e saber se realmente a sua nota foi justa. Cada ano que passa o exame vai ficando mais concorrido e consequentemente a importância do ENEM vem aumentando e já é o principal processo seletivo para quem deseja cursas o ensino superior.

Vale lembrar que o MEC afirmou que os candidatos foram informados a respeito das possíveis e eventuais alterações e que o pedido de vista das notas da redação 2018 não é uma certeza de que o estudante poderá recorrer da nota obtida. Para evitar esses problemas, o ideal é você se preparar para a redação do Enem 2018 estudando as técnicas de redação que você deverá aplicar no momento de fazer a sua redação, já que esse item tem uma boa porcentagem de sua nota no resultado final. Outra dica é já se preparar para o tema que poderá cair nessa edição, para isso você pode acessar o seguinte link: Possíveis temas de redação do Enem.

Leia Mais

Temas que poderão cair na redação do Enem 2018

Redação do Enem 2018 – O que vai cair?

Se você busca os Temas que poderão cair na redação do Enem 2018 confira as nossas dicas. Veja quais são os possíveis temas que poderão cair na redação do Enem 2018 e se prepare para fazer uma excelente redação na prova e tirar uma nota boa.

Sabemos que o Enem é hoje um dos vestibulares mais concorridos de todo o brasil, porque com esse vestibular os jovens podem entrar tanto na faculdade particular como na publica, e para que isso ocorra é necessário estudar bastante, e uma das coisas que mais conta é a nota da redação, por isso veja quais são os Temas que poderão cair na redação do Enem 2018.

O Enem 2018 e os temas que poderão cair na redação estão sendo procurar por jovens de todos os cantos do Brasil, esses jovens estão interessados em saber quais serão os possíveis temas porque assim eles podem estudar e se preparar para a prova do Enem 2012. Porque é ruim quando cai um tema do qual a gente não sabe dissertar, então acaba que a redação fica muito sem conteúdo.

Mas as dicas de Temas que poderão cair na redação do Enem foram bem analisadas, são temas que realmente tem chances de cair, porque são assuntos atuais e bastante discutidos, e como sabemos o Enem busca sempre trazer a atualidade para suas redações para saber se realmente os alunos estão ligados no que está acontecendo no Brasil e também no mundo.

E se você pretende prestar vestibular ainda esse ano, não deixe de conferir então as nossas dicas de Temas que poderão cair na redação do Enem 2018, com certeza elas vão te ajudar. E nós separamos os possíveis e mais prováveis temas.

Confira também: Temas da redações do Enem dos anos anteriores e saiba o que já caiu na redação das edições passadas e veja Como fazer uma boa redação para o Enem.

Abaixo seguem a lista com os nomes dos Temas que poderão cair na redação do Enem 2018:

– Crise no Brasil

– Participação política no Brasil

– Violência no trânsito

– Desarmamento no Brasil

– Bullying e as novas leis

– Marco Civil da internet

– Crise hídrica

– Homofobia

– Direitos Femininos

– Violência nas escolas

– Desigualdade social no Brasil

– Esporte como fator de inclusão social

– Álcool e Trânsito

– Limites do humor na internet

– Diversas Questões Ambientais

– Despreparo policial

– Comportamento jovem nas novas mídias sociais

– Como o Brasil é visto pelo resto do mundo

– Desastres naturais no Brasil e no mundo

– Impeachment

– Anos de Ditadura no Brasil

– Projetos Nucleares no Mundo

– Operação Lava Jato

Esses são os possíveis temas para redação do Enem 2018 para esse ano, então busque estudar sobre esses assuntos para você ter argumento quando for dissertar em sua redação. Fique antenado nas atualidades para não ser pego de surpresa por um tema que você desconhece completamente, pois assim suas chances de tirar uma nota boa no Enem vão por água abaixo.

Leia Mais

Perguntas e Respostas do Enem 2018

Veja as Perguntas e Respostas do Enem 2018 publicadas pelo INEP

As perguntas e respostas do Enem 2018 foram publicadas em um Guia pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O guia do Enem contém as dúvidas frequentes dos alunos sobre o Enem, como por exemplo dúvidas sobre a prova, correção, aplicação, regulamento, resultados e mais itens fundamentais para o bom desenvolvimento do Exame.

Mais de 7 milhões de estudantes foram inscritos para o ENEM na última edição e esse número vem crescendo a cada ano devido a importância que a prova vem conquistando com o passar do ano como por exemplo, diversas universidades federais e estaduais renomadas estão utilizando apenas a nota do Enem como forma de processo seletivo, o que vem atraindo cada vez mais candidatos a realizar o exame. Se você vai fazer o ENEM não deixe de consultar o Guia do Enem 2018 com as principais dúvidas, para no dia da prova já saber como fazê-la.

Para acessar o Guia do Enem 2018 e ver todas as informações clique no seguinte link: https://enem.net/guia-do-enem-2018.html. Você sabia que pode escolher entre inglês e espanhol na prova do Enem? Essa é uma das dicas essências para a prova do Enem, pois muitas vezes o candidato domina mais o espanhol e pode perder nota se não escolher o espanhol para a prova. Para saber mais sobre esse assunto acesse o link: https://enem.net/como-escolher-entre-ingles-e-espanhol-no-enem.html.

Aqui no site auxiliamos os candidatos que vão fazer a prova do Enem 2018 a tirar as suas dúvidas sobre a prova em diversos quesitos que você pode acessar aqui no site. Uma das dúvidas mais frequentes de quem vai fazer a prova do Enem é saber como é corrigida a redação do Enem, se você não sabe como é feita a correção da redação, fique atento, pois esse item é fundamental para você conseguir uma boa nota. Acesse o link a seguir para saber mais sobre Como é corrigida a prova do Enem.

Dúvidas sobre o valor da taxa de inscrição, se o Enem é pago, se o Enem é Obrigatório você pode tirar no seguinte link: https://enem.net/o-enem-e-obrigatorio-e-pago.html. Você sabe o que pode usar e o que não pode usar no dia da prova do Enem? Confira no seguinte link se pode usar boné ou relógio entre outros itens: https://enem.net/pode-usar-bone-no-enem-o-que-nao-pode-usar-no-enem.html. Acompanhando as dicas e informações publicadas aqui no enem.net, você tem tudo para conseguir uma boa nota e assim garantir a sua ingressão em uma boa universidade.

Leia Mais

Enem Online a partir de 2019

Prova do Enem 2019 Online

O ENEM passou por algumas analises nos últimos meses, e o MEC resolveu que a partir de 2019 o mesmo será feito no computador, e isso é muito importante para acabar com vários problemas, por isso entenda mais sobre o Enem Online a partir de 2019 e saiba como o mesmo vai funcionar. Atualizado: Isso ainda está sendo cogitado para futuras aplicações, porém não é nada oficial, mas seria uma opção interessante em um futuro breve.

enem-2019

O Enem online promete solucionar muitos problemas, primeiramente podemos citar os problemas com a quantidade de papel que é gasto para imprimir essas provas, o que acaba com a natureza e também gasta-se muito dinheiro, mas com esse novo Enem online esse problema será resolvido. Outro problema é decorrente da quantidade de provas que as vezes falta, e alguns alunos ficam sem fazer e a taxa de inscritos que não vão fazer a prova e perde o horário também e alta e com isso deve diminuir bastante.

Com o novo enem pelo computador fica mais fácil controlar quem vai fazer a prova, porque de acordo com o cadastro e confirmação do mesmo que o aluno está autorizado a fazer a prova. E como hoje em dia existem computadores em 90% das escolas fica muito mais fácil aplicar. E em relação a correção a margem de erros chega a 0%, tornando  assim o resultado do Enem mais exato e mais verídico.

Essa novidade surgiu e deixou muitas pessoas em duvidas, muita gente está se perguntando como funciona o Enem Online a partir de 2019, mas não tem muita diferença do anterior, a única coisa diferente é que a pessoa não vai responder mais a prova na folha impressa, e sim no computador, o que é ainda mais fácil e rápido também. Essa mudança será implantada somente em 2019, e até lá todas as escolas serão preparadas para receber esse tipo de prova, e por isso que vai demorar alguns anos ainda para que esse novo sistema passe a funcionar.

Com o Enem 2019 sendo feito de maneira online vai mudar todo o sistema desse vestibular, e ainda não se sabe se o resultado do mesmo será entregue na hora para o candidato. Essas e outros detalhes estão sendo analisados. O que você acha da prova do Enem ser online?

Leia Mais

Maratona ENEM 2018 – Inscrição

ENEM 2018 Maratona

A maratona do ENEM 2018 está apenas começando. Depois de mais uma edição bem sucedida, contando com a participação de milhões de estudantes em todo o Brasil, o Ministério da Educação e o INEP – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, finalmente divulgaram os resultados individuais de cada participante e se você não se inscreveu na edição passada, ou não mandou tão bem, poderá começar a se preparar para a edição do ENEM 2018.

maratona-enem

Os resultados do ENEM estão disponíveis desde a sexta-feira, 8 de janeiro, e podem ser conferidos no endereço eletrônico do INEP, http://enem.inep.gov.br. O aluno participante que ainda não conferiu seus resultados deve apenas informar o seu número de CPF – Cadastro de Pessoa Física, e a senha usada na sua inscrição.

Para quem não se lembra da senha cadastrada, o próprio site oferece a possibilidade de recuperar a senha, no link “Esqueci minha senha”. Clicando nesta opção, o aluno será levado a uma página de recuperação, onde deverá informar o CPF e a data de nascimento, solicitando que a senha seja enviada por SMS ou por e-mail. Confira: Recuperar Senha do ENEM.

Resultado do ENEM

O resultado do ENEM também foram cruciais para os estudantes que fizeram a inscrição no SISU 2018, o Sistema de Seleção Unificada, onde foram disponibilizadas as vagas dos cursos das instituições públicas de ensino superior para os cursos de graduação, aproveitando as notas do ENEM 2018.

A participação no processo seletivo do SISU, sem dúvida, é sempre um dos principais objetivos de quem faz as provas do ENEM, mas os participantes também podem se candidatar para concorrer às bolsas de estudos do ProUni – Programa Universidade para Todos, para vagas no programa Ciências sem Fronteiras ou mesmo para inscrição no processo seletivo de contratos do FIES, o Fundo de Financiamento Estudantil.

Há também as pessoas que participaram do ENEM 2018 somente para obter o certificado de conclusão do ensino médio. Esses participantes, que precisam ser maiores de 18 anos, tiveram que informar a instituição autorizada a receber os dados de sua participação na prova para receber o certificado. Consegue o certificado quem tenha obtido um mínimo de 450 pontos em cada uma das provas de conhecimentos,além da exigência de nota superior a zero em Redação.

O ENEM 2018, como nos outros anos, não serve somente para interessados em cursos de nível superior, mas também para avaliar o desempenho escolar e acadêmico do próprio ensino médio, com o objetivo de estabelecer novas políticas de educação e de aperfeiçoamento da grade curricular nas escolas públicas.

As notas do ENEM 2018 são mantidas no site do INEP durante os próximos dois anos, podendo os alunos que ainda não consultaram verificarem seus registros a qualquer momento.

Maratona do ENEM para esse ano

Se a maratona do ENEM 2018 está nos seus acordes finais, a maratona do ENEM 2018 está apenas no início. Para quem vai prestar os exames no final de 2018 das provas do ENEM, este é o momento para começar a estudar e se preparar, evitando atropelos de última hora. Faça o seu planejamento de estudos e comece desde já. Para isso o melhor é estudar com um bom material para conseguir tirar uma nota boa e conseguir uma vaga através do PROUNI ou SISU, confira o melhor conteúdo para se preparar para o ENEM no seguinte endereço: Apostila do ENEM 2018.

Leia Mais

Educacenso 2018 Censo Escolar

Censo Escolar 2018

O INEP está coletando os dados das atividades escolares para o Censo Escolar da Educação Básica, coleta que é feita através da internet pelo sistema Educacenso.

educacenso

O período de coleta da primeira etapa começou no fim do mês de maio, quando foi aberto o sistema Educacenso para os diretores das escolas de ensino básico. Apenas os diretos, responsáveis pelas escolas e pelo acesso ao sistema, é que podem ser inseridas as informações. A primeira etapa teve seu final no término do mês de julho, com a remessa dos dados pelo Inep ao Ministério da Educação, prazo que foi encerrado no final de agosto.

Os dados são compilados e publicados preliminarmente no Diário Oficial da União, quando então os diretores das escolas de educação básica podem fazer a conferência e a retificação de informações, quando necessário, corrigindo os erros diretamente no sistema Educacenso 2018, pela internet. Nessa etapa os diretores apenas podem fazer as correções, em inserir novas informações.

A remessa de número de matrículas presenciais feitas em cada escola de todos os municípios brasileiros feita pelo Inep até o final de novembro, com a divulgação dos resultados finais estando prevista para o final de janeiro de 2018.

Na segunda etapa do Educacenso, que terá início no começo de fevereiro de 2018, o sistema informatizado irá liberar o módulo Situação do Aluno no Educacenso, quando poderão ser informados os dados de rendimento e movimento escolar de todos os alunos declarados no Censo Escolar. Os dados também só poderão ser informados pelos diretores da escola ou por um responsável pela escola, tendo o prazo para inserir os dados até o mês de março de 2018.

Todos os dados serão disponibilizados para conferência em 1° de abril de 2018, quando os erros poderão ser corrigidos até o prazo máximo de 15 de abril. Os dados finais do Censo Escolar de 2015 serão divulgados nacionalmente pelo Inep no começo do mês de maio de 2018.

censo-escolar

A importância do Censo Escolar 2018

O Censo Escolar 2018 terá todas as informações sobre todos os alunos das redes pública e privada, que estejam matriculados no ensino básico, mostrando um retrato fiel da educação brasileira.

As informações são importantes para que o Inep possa calcular as taxas de abandono, de rendimentos, de movimento, e também do IDEB que é o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, um dos instrumentos usados pelo Ministério da Educação para verificação do cumprimento de metas do Plano de Desenvolvimento da Educação, o PDE, de todos os municípios brasileiros.

O levantamento de dados irá possibilitar ao Ministério da Educação a formulação de propostas de políticas públicas voltadas para a educação básica de todas as crianças, procurando reduzir o abandono escolar e melhorar o sistema educacional como um todo.

Numa época em que o lema presidencial é “Pátria Educadora”, a iniciativa se mostra como uma luz no fim do túnel para voltar-se para o processo educacional brasileiro, um dos que possuem índices mais baixos no mundo todo.

Leia Mais

Enem Página do Participante

Página do Participante Enem

O ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio tem se tornado, ao longo de sua evolução, desde a implantação, em 1998, num dos mais modernos métodos de avaliação dos alunos oriundos do ensino médio, obrigando seus organizadores (o Ministério da Educação) a criar meios que possibilitem o acesso à informação para cada participante.

Atendendo essa necessidade, o Ministério da Educação criou o Enem Página do Participante, que pode ser acessado pelo endereço http://www.enem.inep.gov.br/participante, onde os candidatos podem realizar todas as etapas de sua inscrição até obter o cartão de confirmação do ENEM. A seguir veja como você pode acessar a sua página do participante e conferir os seus dados de cadastro, notas e resultados.

pagina-do-participante-enem

Para fazer a inscrição no ENEM, o candidato precisa do CPF, da carteira de identidade e de um endereço válido e e-mail, que deverá ser único e exclusivo para cada participante, já que o INEP está utilizando o e-mail para manter contato direto com o participante do Enem. As inscrições devem ser feita apenas pela internet utilizando a Página do Participante do Enem.

A Página do Participante também possibilita que o aluno informe se há necessidade de atendimento especial durante a realização das provas, oferecendo opções de atendimento específicos. Também aos participantes do Enem que utilizem o método de avaliação para obter o certificado de conclusão do ensino médio, a Página do Participante oferece a possibilidade de informar essa necessidade no ato de inscrição (esclarecendo que essa opção só atende interessados maiores de 18 anos e que alcancem uma nota igual ou superior a 450 pontos em cada uma das áreas, além de 500 pontos na redação).

Confirmação do cartão através do Enem Página do Participante

O aluno participante do Enem também poderá realizar uma consulta na Página do Participante do ENEM para ver o seu cartão de confirmação, acompanhando as datas que são divulgadas pela própria página, obtendo ali o endereço do local da prova, podendo conferir os seus dados e ainda a opção de língua estrangeira escolhida (havendo apenas as opções de inglês e espanhol até o momento).

Confira também: Imprimir Cartão de Confirmação do ENEM pela internet

O aluno participante do Enem não precisa apresentar o cartão de confirmação no dia das provas, embora deva mantê-lo em seu poder, já que ali estão todas as informações que precisa, como o endereço, o nome da escola, o número da sala e até o pavimento para onde deverá se dirigir.

cartao-do-participante-enem-pagina

As facilidades oferecidas pela internet possibilitaram que o Ministério da Educação optasse por entregar o cartão de identificação somente através desse meio de comunicação, utilizando a Página do Participante em vez do encaminhamento pelos Correios. Ao considerarmos o grande número de inscritos na última edição, num total de mais de 7.700.000 , podemos entender como o meio facilita a vida do participante do Enem.

Segundo as informações do próprio Ministério da Educação, o acesso fornecido através da internet trouxe uma economia de R$ 16,5 milhões, que seriam gastos com a produção gráfica e com a distribuição dos cartões, trazendo ainda a vantagem de evitar extravios que poderiam prejudicar os alunos participantes do Enem.

Leia Mais

Cartão de Confirmação Enem – Consulta, Imprimir

Consultar Cartão de Confirmação Enem Online

O Ministério da Educação aplicou uma importante mudança no Exame Nacional do Ensino Médio, antes os candidatos recebiam o cartão de confirmação do ENEM através do Correios, mas agora esse método foi substituído.  Objetivo é reduzir gastos, com certeza foi uma ótima atitude por que o governo realmente tinha gastos desnecessários enviando esses documentos através do correios.  Isso porque é muito mais prático o aluno mesmo imprimir o cartão de confirmação do ENEM em casa.

Como tinha um custo muito elevado para o governo ter que enviar os comprovantes de confirmação do Enem para o endereço de todos os inscritos, foi necessário fazer uma mudança nessa questão. Essa mudança começou a ser aplicada no ENEM de 2015 e algumas pessoas ainda não sabem como consultar o cartão de confirmação do ENEM online.

cartao-confirmacao-enem

Aqui iremos explicar com maiores detalhes como você pode obter o cartão de confirmação do Enem sem ter que esperar pelo envio através do Correios, mesmo porque isso não vai ocorrer mais. O método foi informatizado, é só imprimir o cartão pela internet, vamos entender como funciona passo a passo. Aqui você verá em detalhes como ficou bem fácil a emissão deste comprovante pela internet, além do mais o processo é gratuito.

Como emitir cartão de confirmação Enem

Conforme citado anteriormente, a emissão do cartão de confirmação Enem só poderá ser feito através da internet.  Agora o Ministério da Educação não vai mais enviar este comprovante para o endereço cadastrado do candidato.

O candidato que deseja imprimir o seu comprovante deve entrar no site oficial do Enem informar os dados e obter o documento.  O documento é de suma importância porque sem ele o candidato não consegue realizar a prova, esse cartão é como se fosse um comprovante que autentifica que você realmente está inscrito em apto para fazer a prova.

Confira as instruções dadas abaixo que mostram como imprimir cartão de confirmação passo a passo:

  • Site do Enem: http://enem.inep.gov.br/participante/#/login
  • Entre no site do Enem disponibilizamos acima;
  • Veja que é necessário preencher o número do seu CPF e senha para fazer login no sistema;
  • após entrar no sistema procure a opção para imprimir o comprovante de inscrição do ENEM.

É importante lembrar que não existe nenhum tipo de custo para que as pessoas possam utilizar esse recurso online. Embora ele seja muito mais prático, o próprio Enem não está fazendo a cobrança de nenhum custo para a emissão do cartão de confirmação do Enem.

cartao-de-confirmacao-enem-online

No dia da prova, além desse comprovante, o candidato também tem que levar os seus documentos pessoais para poder realizar a prova, é de suma importância não esquecer os documentos pessoais, sem eles você não consegue participar. Lembre-se desse detalhe nos dois dias da prova. Outro item importante é uma caneta preta.

Todos os candidatos que fizeram a inscrição do ENEM devem entrar na página de acompanhamento para poderem fazer a emissão deste comprovante, na página também é possível consultar o cartão de confirmação do ENEM para saber o local da prova e maiores detalhes sobre a sua inscrição.

Muitas pessoas estão considerando que esse novo processo de emissão do comprovante pela internet ficou muito mais fácil, sem contar que era muito comum ocorrer de jovens não receberem a tempo esse comprovante pelo correios. Logo, o método veio mesmo para trazer melhorias e economia ao governo.

Leia Mais

Como ser Fiscal do Enem 2018 – Inscrição

Cadastro para Ser Fiscal do Enem 2018 – Quanto ganha o Fiscal do Enem

Esse artigo tenta ajudar você que quer trabalhar como fiscal durante o Enem 2018. Há algumas formas de solicitar uma vaga para ser fiscal do Enem. Acompanhe a seguir como funciona a fiscalização do Enem para aplicações de provas e como você pode se tornar um fiscal nos dias de realização do Exame Nacional do Ensino Médio em 2018.

Muita gente tem dúvidas de como ser fiscal do Enem. Com o Enem 2018 se aproximando é importante que todos esclareçam suas dúvidas para saber como solicitar um vaga como fiscal. Todos os anos quando vai se aproximando o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), além dos estudantes que disputam uma vaga nas universidades e faculdades, existe um outro grupo que disputa um outro tipo de vaga – o de fiscal do Enem, pois com isso da para ganhar um dinheiro extra.

Quanto ganha um fiscal do Enem 2018?

As vagas para fiscal do Enem são cada vez mais disputadas a cada ano e no Enem 2018 não vai ser diferente. Essas vagas são disputadas principalmente pela renumeração que chega a 70,00 por dia de aplicação de prova. Se você tem interesse em se candidatar ao cargo deve estar fazendo a seguinte pergunta: mas como faço para ser um fiscal do Enem 2018?

As regras para ser fiscal do Enem 2018 estão sempre mudando. Para ser fiscal do Enem antes o interessado tinha que ser funcionário da escola em que a prova seria realizada, dando preferência a professores. Os fiscais também podiam ser servidores públicos tendo formado o ensino médio. A quem diga que muitos são indicados por pessoas da educação, mas há uma forma de se inscrever e solicitar a participação como fiscal do Enem. Essas informações são encontradas no site do Enem ou no site da instituição que realizará a prova em sua cidade.

Em um dos últimos Enem realizado, por exemplo, Malvina Tuttman, a presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), instituiu que o corpo de fiscais da prova do Enem fosse formado exclusivamente pelo grupo de aplicadores de institutos federais e universidades.

Para o Enem 2018, ainda não existem informações concretas de como serão contratados e quem serão os fiscais. O que se sabe é que será aplicado um treinamento mais reforçado devido às denúncias de que os ficais não estavam bem preparados para aplicar as provas do Enem.

Essas informações deverão ser passadas a todos os interessados a fazer a inscrição para fiscal do Enem 2018, quando a data de inscrição das provas se aproximarem.

Leia Mais

Sisu 2018 Inscrições

Inscrição Sisu 2018

O Sisu, o sistema de seleção unificado do MEC, serve para que os estudantes ingressem na educação superior com sua nota do ENEM. E agora, quem fez o ENEM 2017 pode estar tentando ingressar na faculdade no Sisu 2018, o Sisu 2018 segundo semestre, que tem suas inscrições entre a metade e o fim do mês de junho. Ou também esperar para fazer a prova do ENEM no fim do ano e depois fazer a inscrição no final do ano e ingressar na faculdade em 2019. Vale lembrar que a pessoa que zerar a redação não tem o direito de participar do Sisu 2018. Para se inscrever, basta ter seu número de inscrição do ENEM e senha em mãos.

As inscrições do Sisu 2018 são feitas exclusivamente pela internet, através do site do Sisu, que é o www.sisu.mec.gov.br. O endereço é o mesmo onde se podem ter todas as informações sobre o Ministério da Educação, o MEC. Primeiro, antes de tudo, é preciso confirmar os seus dados cadastrais, caso o sistema tenha de lhe contatar. A qualquer momento, se pode mudar esses dados através do menu na barra superior do portal. O Sisu 2018 permite duas opções de curso, uma principal e uma opcional, caso você não seja selecionado na principal, você poderá ingressar na segunda opção. E escolher o curso é muito fácil.

É muito importante, antes de qualquer coisa, conhecer o curso que você deseja cursar, a quantidade de vagas disponíveis para os alunos do ENEM e se o curso aceita as modalidades de ampla concorrência e ação afirmativa. A primeira serve para qualquer um, inclusiva alunos de escola particular e o segundo, apenas para quem cursou o ensino médio na escola pública. Tendo essas informações, basta escolher o curso no Sisu 2018, escolher a modalidade (é bom para os alunos de escola pública, escolher a ação afirmativa, pois a concorrência e a nota de corte são menores) e clicar em “escolher esta modalidade”. Depois você deverá saber quais os documentos que a instituição exige para se matricular. Clique em “confirmação inscrição”. Você pode imprimir o comprovante, se achar necessário. Se quiser acompanhar sua inscrição, basta entrar no site e clicar na opção “minha inscrição” e preencher seu número de inscrição do ENEM e sua senha.

Todos os dias as notas de corte do Sisu 2018 e classificação são atualizadas após as 2h, Se achar que está caindo muito na classificação, você pode mudar a opção de curso sempre que quiser. Lembre-se: se você for aluno de escola pública, pode escolher a ação afirmativa que tem concorrência e nota de corte menor.

Leia Mais

Enem 2018 não terá duas edições – Cancelado

O Enem 2018 só terá uma edição

O ENEM em 2018 poderá não acontecer como previsto anteriormente no meio do ano. São informações divulgadas através do Ministério da Educação, que não se trabalha com esta possibilidade do ano de 2018 ter duas edições do ENEM como previsto anteriormente. A informação pegou alunos despercebidos de surpresa, pois muitos já se preparavam para fazer o Enem no primeiro semestre, a boa notícia é que você terá mais tempo para se preparar para a edição que acontece no final do ano.

enem-cancelado-duas-edicoes

Com o cancelamento do Enem 2018 do primeiro semestre, é possível se dizer que diversos alunos foram pegos de surpresa, já que em um discurso em comemoração aos mais de um milhão de bolsistas de estudos concedidos pelo Programa Universidade para Todos o PROUNI foram concedidos, e a presidente afirmou que teriam duas edições do ENEM para 2018. Nesta ocasião foi citado inclusive que esta decisão teria sido tomada em uma concordância com o Ministro da Educação.

As prioridades do MEC

A prioridade do MEC será aperfeiçoar a realização do exame e consolidar o ENEM, o que poderia se justificar esta situação. A escolha de não realizar uma segunda edição do ENEM em 2018 servirá para que o Ministério da Educação e também o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) que é responsável por aplicar as provas, possa se concentrar nos aprimoramentos do ENEM.

Foi ressaltado ainda que existirá uma edição regular das provas em 2014. Esta edição será aplicada para pessoa que se encontrarem dentro de presídios e também instituições que atuam com um mercado socioeducativo. O exame no ano anterior foi aplicado entre os dias 3 e 4 de novembro. Uma data de aplicação nos presídios foi um pouco diferente, sendo realizados durante os dias 4 e 5 de dezembro.

Segunda edição considerada para unidades prisionais ou socioeducativas

O ministro da educação cogitou a aplicação do programa para as unidades prisionais e socioeducativas como uma segunda edição do exame. Os candidatos que tiverem problemas para realizar a aplicação no início de novembro deverão ter uma chance de refazer as provas em Dezembro. Estas oportunidades serão reservadas apenas para candidatos com motivos relevantes, como por exemplo alguém que deu á luz a seu filho minutos antes de realizar as provas do processo.

A aplicação será realizada no final do ano e deve permanecer como um processo de seleção para várias universidades públicas. Acompanhe o Enem.net e fique por dentro das novidades do Enem.

Leia Mais

Universidades e Faculdades Enem 2018

Confira as Universidades Enem 2018 e Faculdades Enem 2018

Se você vai fazer a prova do Enem, veja uma lista com as universidades participantes do Sisu e Prouni e faculdades que usam a nota do Enem em seu processo seletivo, assim você já pode se programar sobre qual curso e onde você poderá ingressar após mandar bem na prova do Enem.

Diversas Universidades vão adotar o Enem 2018 usando a nota em seus processos seletivos. Grande parte das Faculdades Privadas já utilizam as notas do Enem no processo seletivo. No total são mais de 60 universidades federais em todo o Brasil que vão aceitar o Enem 2018 e esse número só tende a aumentar com os incentivos do Governo apoiando o Enem que a cada ano fica mais importante e mais participantes são inscritos.

Destaque para algumas universidades federais que decidiram adotar a nota do Enem como a única forma de ingresso. As universidades que vão adotar somente o Enem são as federais de Pelotas (Ufpel) e de Rio Grande (FURG), no Rio Grande do Sul, de São Carlos (UFSCAR) e do ABC (UFABC), em São Paulo, e a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

O grande problema nisso tudo é a concorrência que aumenta cada vez mais, e com os candidatos cada vez mais sabendo da importância da prova do Enem, eles vão se preparando como nunca para a prova para chegar bem afiados no dia, com isso ficou muito mais difícil também entrar para essas universidades, pois você precisará tirar uma excelente prova na prova para garantir a sua vaga. A novidade para o ano de 2018 é que mais algumas universidades entre federais e estaduais vão aderir a nota do Enem para o processo de seleção. Isso prova que o Enem está cada vez mais forte e importante para quem deseja entrar em uma universidade federal ou estadual.

Para ver a lista completa de Universidades do Enem 2014 entre no link abaixo: https://enem.net/universidades-do-enem.html e confira as faculdades e universidades que estão participando do Enem em sua cidade ou em cidades próximas para você fazer a inscrição e quem sabe conseguir uma bolsa de estudo integral ou parcial para ingressar no ensino superior através dos programas como o Prouni e o Sisu que fazem a seleção das vagas através da nota obtida na prova do Enem.

Leia Mais

Ciência Sem Fronteiras – Inscrição, Cursos

Inscrição Ciência Sem Fronteiras

Sabe o que é
Ciências Sem Fronteiras?  Este é um programa do Ministério da Educação (MEC) que tem o objetivo de propiciar a formação de recursos humano altamente qualificado nas melhores universidades e instituições de pesquisa estrangeiras que tem o objetivo de incentivar a internacionalização da ciência e da tecnologia nacional estimulando estudos e pesquisas de brasileiros no exterior, inclusive com o intercambio e mobilidade de graduandos (quem está fazendo curso universitário ou acabou de concluir). Veja a seguir como você pode fazer a inscrição no Ciência sem Fronteiras.

ciencia-sem-fronteiras

Além desses objetivos gerais, o
programa Ciência sem fronteiras tem objetivos específicos como: oferecer oportunidades de estudo a brasileiros que estejam em universidades de excelência, oferecendo a possibilidade de estágio programado de pesquisa e inovação tecnológica com acompanhamento; complementar a formação de estudantes brasileiros, dando a oportunidade a estes vivenciando experiências educacionais voltadas para a qualidade, empreendorismo, competitividade e inovação; possibilitar a formação com qualidade de uma força de trabalho técnico científica altamente especializada que é uma deficiência no Brasil; e permitir a atualização de conhecimentos em grades curriculares diferenciadas, possibilitando acesso as estudantes nas instituições de elevado padrão de qualidade.

Como dito anteriormente, quem pode fazer inscrição neste programa são os estudantes devidamente matriculados em cursos de graduação, graduação tecnológica ou engenharia em instituições da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica (IF) e também quem está matriculado na Universidade ou Faculdades de Tecnologia (FATECS). Para participar do Ciência Sem Fronteiras é necessário fazer o ENEM e fazer pelo menos 600 pontos.

Ao se inscrever no Ciências Sem Fronteiras se selecionado os candidatos aprovados são divididos em quatro grupos (A, B, B1 e B2) que será definido de acordo com o período de início da bolsa e o nível de conhecimento na língua inglesa (outro requisito para se fazer inscrição neste programa). Para avaliar este nível de conhecimento na língua inglesa o candidato deve ter passado anteriormente por testes de proficiência aceitos como o TOEFL –ITP ou TOEFL-iBT.

No caso do programa vigente, os aprovados no grupo A tem que ter a nota mínima para ingresso direto no curso de graduação irão permanecer nos Estados Unidos de janeiro a dezembro, sendo nove a dez meses dedicados aos estudos em tempo integral e tem ainda as atividades durante os meses de férias de verão por lá, não é mole não o treinamento do programa.

Confira também: Programa Educa Mais Brasil

Os bolsistas do Grupo B permanecerão nos Estados Unidos de agosto/setembro e de junho/julho, sendo também de nove a dez meses dedicados a estudo integral e acrescido de atividades obrigatórias após o término do ano acadêmico que pode ser desde um estágio ou inovação tecnológica em indústria, centro de pesquisa ou laboratório da própria instituição do treinamento.

Demais detalhes acesse o edital do Programa Ciência sem fronteira e quem sabe se torne um cientista promissor, para acessar o edital e fazer a sua inscrição no Ciências Sem Fronteiras acesse: www.cienciasemfronteiras.gov.br.

Leia Mais

Enem 2017 vai ter duas edições?

Saiba se Enem 2017 vai ter duas edições ou não

O Exame Nacional do Ensino Médio ou simplesmente Enem 2017 como é conhecido popularmente é um dos testes mais importantes de todo o Brasil e também um dos mais procurados entre os alunos do ensino médio. Vale ressaltar que a grande finalidade deste exame é avaliar as atuais condições do ensino médio brasileiro, principalmente quando o assunto é o ensino médio em escolas públicas. Confira se o ENEM 2017 terá duas edições ou não.

Desde a sua criação e apresentação ao público o Enem vem recebendo algumas alterações, sendo que todas as essas alterações sempre visando o melhor para todos os estudantes que vão praticar o exame. São diversas as alterações e sendo que no ano de 2017, onde também teremos a edição do Enem, vale ressaltar que uma mudança drástica pode acontecer, dessa forma, facilitando a vida de muitos estudantes, ou não.

Para aqueles que ainda não tomaram conhecimento saibam que desde o ano de 2015 o Enem poderia ter duas edições, edições essas que estão previstas para abril e outubro, pelo menos é o que relatou a presidente Dilma Rousseff há uns tempos atrás. Segundo a mesma o exame pode melhorar bastante, mesmo tendo elogiado o Enem, ela afirma que muitas estudantes sofreram diversos tipos de problemas com o Enem e desta forma, um exame com duas edições pode facilitar as coisas.

As dúvidas em relação ao exame passar a serem duas edições surgiu a partir de que o Ministro da Educação Aloizio Mercadante afirmar que a próxima edição do Enem não será com duas edições e que o Ministério da Educação irá manter os mesmos padrões das edições anteriores, ou seja, com apenas uma edição, contrariando a ideia da presidente Dilma Rousseff.

Com base nas informações citadas acima, ainda não é possível afirmar 100% se o exame terá ou não duas edições do ENEM a partir de 2017. O único jeito é esperar e aguardar pelas próximas informações, onde podemos ter a confirmação das duas edições ou não.

Leia Mais

Enem em unidades prisionais

Prova do Enem em unidades prisionais

Como já mencionamos, o ENEM é um dos exames mais procurados para quem quer entrar no ensino superior público e este é inclusive realizado entre candidatos que estão em unidades prisionais. Confira como funciona a prova do Enem em unidades prisionais e quem pode fazer a inscrição nessa modalidade do Enem.

enem-unidades-prisionais

Na última edição do Enem, foram inscritos mais de 23 mil pessoas no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) que são candidatos detentos que cumprem medidas sócio educativas. Inclusive no mês de dezembro foram realizadas as provas do ENEM de matemática, linguagens e códigos e a redação em 27 unidades prisionais. Esse número tende a aumentar nas próximas edições da prova.

Não há distinções entre os candidatos das unidades prisionais e os que não estão. Inclusive a forma de cálculo da avaliação é a mesma a partir da Teoria de resposta ao Item (TRI),cujo cálculo final não é a quantidade de acertos, mas a qualidade das respostas. Nesta última edição do ENEM houve também houve uma mudança na forma de correção da redação que passará a ser corrigidas por dois corretores sem que nem um nem outro conheça a nota dada pelo outro. Sendo que se houver diferença na nota final, a prova de redação passa a ser corrigida por um terceiro corretor.

A prova do ENEM nas unidades prisionais tem o mesmo grau de dificuldade das provas realizadas em todo o Brasil. Asa questões é diferente, mas a estrutura é a mesma, ou seja, quatro provas objetivas, cada uma com 45 perguntas de múltipla escolha e uma redação. No primeiro doa do Exame são aplicadas as questões de linguagem, códigos e suas tecnologias, matemática e suas tecnologias, além da redação, com duração de 5 horas e 30 minutos no total.

Lembrando que, as notas do ENEM podem ser usadas nos processos seletivos do programa Universidade para Todos (PROUNI) e do Sistema de Seleção Unificada (SISU). O PROUNI oferece bolsas de estudo em instituições de ensino superior, inclusive particulares e também às instituições federais.

Desta forma, a educação brasileira dá oportunidades para todos independentes de suas condições.

Leia Mais